domingo, 13 de dezembro de 2015

NOVO LIVRO DO GÉNESIS

 Ao jovem casal que ontem se enlaçou nas ameias da velha fortaleza



Nos jardins do castelo antigo
Onde outras eras se somem
Ergueu-se o Primeiro Homem
Nasceu a Primeira Mulher

Chame-te Ulisses quem quiser
E a ti Penélope a fiel dama
E até Shakespeare vos chama
Julieta e Romeu
Mas eu
Ancião vidente mesmo no meio da treva
Não tenho outro pregão
Senão chamar-te o Novo Adão
E em ti saudar-te a Nova Eva

Convosco
A História toda recomeça
Dentro de vós a promessa
Rubra esperança  verde grito
De um novo mundo a abrir
Em cânticos de festa
E acordes de Infinito

Aqui entrastes
Namorado cavaleiro
E mítica princesa


Aqui fez-se o milagre
Que eu tanto  procurei
E o castelo todo sente e adivinha:
Doravante sereis vós
Sua Alteza
Nelson - Rei
Sua Beleza
Sandra – Rainha

13.Dez.15

Martins Júnior