sábado, 31 de dezembro de 2016

COM UM PÉ NO CAIS E OUTRO NO MAR ALTO – Ponteiros soltos na bússola de quem anda sempre em viagem


De entre todos, sempre o melhor é o Dia Seguinte.

De todos os Natais, o mais feliz é o que há-de vir.

De todos os anos, o mais longo e belo é o de amanhã.


Porque o Amanhã convida, chama, seduz, arrasta-nos.

O lucro está sempre na viagem. Não na largada nem na chegada.

Águas paradas não fazem argonautas e Dias fáceis não produzem troncos.

Eu nunca espero o Ano Novo. Sou eu que vou buscá-lo. E ganhá-lo.

Na quilha do meu barco  está escrita mais uma onda batida:

Não perguntes o que o Ano Novo pode fazer por ti.
Pergunta-te o que podes tu fazer pelo Ano Novo.

“NAVEGAR É PRECISO”!
________________________________________________

31.Dez.16 – 01.Jan.2017

Martins Júnior