domingo, 15 de outubro de 2017

NO DOMINGO, 15 - “O PIOR DIA DO ANO”


Anúncio do Profeta:
“No alto daquele monte, o Senhor vai preparar um banquete de manjares escolhidos, acabará com o luto, enxugará as lágrimas de todas as faces, rasgará o manto que separa todas as gentes, destruirá a escravidão e a vergonha que pesam sobre o seu povo”… (Isaás,25, 6-10).
Notícia do dia:
O fogo devora montanhas, casas, vidas, povoações… O povo chora e nem as lágrimas apagam as chamas.… Mais além, não há pão na mesa nem leite para as crianças… Em vez do pão servem-lhes um tabuleiro de minas, munições, mísseis e armadilhas… Levantam-se muros da vergonha entre os povos,,, E a morte cobre de luto os campos e os mares… Mas o Senhor não vem, nem Isaías volta a falar.
Palavra de ordem:
O Senhor não vem, nem virá. E tu, Homem, não esperes nem desesperes. Entende: o  Senhor não virá assinar tratados de paz e cooperação… Não tem direito a voto nos parlamentos regionais, nacionais, mundiais… Não fará orçamentos nem planos de actividades plurianuais… Não abrirá hospitais, não dará consultas nem mandará mais enfermeiros… medicamentos… escolas e professores… Não pensa  ordenar o perímetro florestal do teu país, nem tão pouco debater as alterações climatéricas.
         HOMEM – local ou planetário, actual ou intemporal, de hoje e de amanhã!
És tu o co-Criador, o co-Redentor, o Co. Regenerador do mundo que habitas. Na tua mão, o sonho de Isaías! Falta cumpri-lo. De ti, também, depende a mão que assina os tratados, o braço que vota os orçamentos, o olhar vigilante que ajudaste a colocar no monte da tua aldeia, do teu município, do teu parlamento, do teu continente!
         Contigo – Connosco! - “o pior dia do ano” será definitivamente erradicado do calendário e poderá transformar-se no melhor domingo de toda a vida!

         15.Out.17
         Martins Júnior