terça-feira, 5 de dezembro de 2017

“NASCEU-VOS UM MENINO”… COM 80 ANOS DE IDADE!

                                                     

Tivera eu o timbre altissonante de um Arcanjo e romperia pressuroso por essas montanhas além bradar ao mundo inteiro a Grande Nova de Belém:: “NASCEU-VOS UM MENINO”. Não apenas aos guardadores de rebanhos, mas a todos os homens e mulheres de “boa vontade”! Também aos de má vontade, aos cegos e sonâmbulos, aos reis e aos párias: “NASCEU-VOS UM MENINO”! E com esta notícia responderia ao anseio latente de toda a terra e de quantos a povoam, porque na decrepitude de um mundo caduco e vazio de esperança, nada mais reconfortante e promissor do que um berço de criança para renovar a face da terra.
E, para espanto de toda a gente, acrescentaria: “Ele vem do ‘fim do mundo’ e tem 80 anos! Aquele, por quem tanto esperais, já está chegando, já chegou, está aí no meio de vós”!
Mas já que não sou Arcanjo Mensageiro nem tenho a sua voz potente, eis que nos visita alguém que vem abrir a cortina desta Nova Belém que habitamos, para anunciar o Menino de 80 anos que vem restituir a alegria do amor e o abraço entre as nações.
Quero referir-me à presença do Prof.Dr.Pe. Anselmo Borges que, na tarde de hoje, deu a conhecer a professores e alunos da Universidade da Madeira a sua mais recente obra . “FRANCISCO – DESAFIOS À IGREJA E AO MUNDO”. Do quanto se ouviu e do muito mais que se poderá ver nas páginas deste precioso volume, fica-nos a sensação  que, tal como os antigos esperavam um Libertador,  hoje  é de Jorge Bergoglio - Francisco Papa – que o mundo tanto espera e precisa. A enciclopédia de saberes e vivências está aberta diante dos nossos olhos. Nenhum outro líder ético-político se apresentou ao mundo com um programa tão pleno e estruturado que, como já antes reconhecera, Teilhard de Chardin, radica na natureza e atravessa todas as estrias da sociedade e com elas se compromete para transformá-las e sublimá-las na grande Ogiva do Espírito. Nada mais, nada menos que o Programa evangélico de J:Cristo – o que faz o Autor  definir a originalidade diferenciadora do Papa nesta tão sintética quanto avassaladora, quase ‘escandalosa’ expressão: “FRANCISCO É UM PAPA CRISTÃO”.
Todos os problemas actuais, até mesmo as chamadas questões fracturantes, estão plasmadas nestas 439 páginas, a forma directa e pessoal como Francisco Papa as enfrenta, as simpatias do mundo e, paradoxalmente,  os rancores da oposição interna da Cúria Vaticana, tudo ali está, podendo considerar-se esta obra como a Summa mais conseguida que ultimamente alguém tenha produzido sobre o Papa Francisco, o que, aliás, vem reflectido na Conclusão: “Francisco, Um Quase-Testamento”. Para nosso gáudio e a convite do Município de Machico, O Prof.Dr. Pe. Anselmo Borges dar-nos-á a honra de apresentar aos nossos conterrâneos uma nova versão do seu Livro. Será amanhã, quarta-feira, pelas 18,30 H, no Solar do Ribeirinho.
Porque se aproxima a quadra natalícia, optei hoje pelo pregão do Arcanjo aos pastores de Belém, expresso no título, chamando a atenção para a página 289 do Livro: “NATAL DA DIGNIDADE HUMANA”.
Mas, em nota de roda.pé. acrescento o que já acentuei noutras crónicas: Por muito que queira, o Papa Francisco não pode fazer tudo sozinho. Para renovar ou fazer renascer a face da terra, ele precisa de nós, Foi o que ele mesmo, na tomada de posse, comovidamente pediu: “Rezem por mim”. Rezem, Mexam-se, Ajam comigo!

05.Dez.17

Martins Júnior